Ceifa e os Ceiferos PARTE I

domingo, 20 de março de 2011 0 comentários


A ceifa e os ceifeiros, Parte I


Faremos o estudo que se encontra no evangelho de João 4: 31-42. Na própria Bíblia tem um titulo que intitula a passagem de “A ceifa e os ceifeiros”. Se puder ler a passagem antes de entrar no POST seria fundamental para uma noção mais ampliada dos fatos.

 O texto começa com os discípulos de Jesus rogando-lhe para que ele coma milho, e que ele se alimente. Note que eles não pedem,  eles rogam, pois é algo além de um pedido (Rogar = Pedir com insistência e humildade; suplicar; implorar) dando a entender que Jesus estava há um tempo sem se alimentar. Então, Jesus mais uma vez usou um acontecimento entre eles para poder ensinar, como também, falar de coisas celestiais e espirituais utilizando de coisas terrenas para ilustrar.

Então Jesus respondeu: “Uma comida tenha para comer, que vós não conheceisJoão 4: 32, aparentemente ele desconversa, mas não é bem isso, Ele está dizendo que tem uma comida, um alimento, que é mais importante para Ele e para nós. Seria o alimento que enche não a barriga, e sim o alimento que nutre o espirito, a Palavra de Deus que é o próprio Jesus, o Verbo, o Pão da vida. Porém os seus discípulos não entenderam o tipo de resposta celestial que Jesus tinha dito e começaram a dizer uns aos outros: “Trouxe-lhe porventura alguém de comer?João 4: 33. Então, Jesus mais uma vez responde, mas não responde diretamente aos seus discípulos, porque eles ainda não tinham entendido sobre o que Jesus falara, portanto, Jesus foi abrindo um pouco mais sobre o que exatamente ele estava se referindo e disse: “A minha comida é fazer a vontade daquele que me enviou, e realizar a sua obra.” Ou seja, a comida que satisfazia plenamente o espírito de Jesus era obedecer ao Pai, o alimento para o corpo não lhe era tão importante. Então Jesus faz uma pergunta a seus discípulos: “Não dizeis vós que ainda há quatro meses até que venha a ceifa?João 4: 35, esta pergunta levanta uma dúvida, será que ele está se referindo a colheita aqui na terra?(Já que eles estavam com fome), ou ele novamente está trazendo  as coisas para uma instância maior ? (Já que em momento nenhuma Ele ainda não tinha falado de coisa terrena). Então ele mesmo responde e da uma margem maior a esta dúvida na leitura, porque ele pede para eles levantarem os olhos e vê a terra e diz que já esta pronta para a ceifa. Como não diz na leitura o que os discípulos viram, a dúvida então ainda permanece, apesar de achar até o momento que ele se refere à outra coisa que não seja colheita de fruto na terra. Mas a duvida se encerra no versículo seguinte que ele diz: “E o que ceifa recebe o galardão, e ajunta fruto para a vida eterna; para que, assim o que semeia como o que ceifa ambos se regozije.João 4: 36, aqui ele fala que o que ceifa recebe o galardão, e ajunta fruto para a vida eterna. Então ele não está falando mesmo de colheita de fruto na terra, “Mas ajuntai tesouros no céu, onde nem a traça nem a ferrugem consomem, e onde os ladrões não minam, nem roubam.” Mateus 6: 19. Não está falando de colheita terrena e nem de galardão terreno, mas sim de colheita do evangelho, ganhar almas para o Reino, ceifar almas para o Reino dos Céus, é disso que Jesus estava falando, ou melhor, que ele sempre fala.

Continua...

Por: Igor Luis

0 comentários:

Postar um comentário

 

©Copyright 2011 Lutando com Deus | LcD